02/01/2018

Atividade física pode prevenir e aliviar dores nas costas e articulações

Dores nas costas, incômodos nas articulações, rigidez em algumas partes do corpo, como torcicolos. Muita gente não sabe, mas a prevenção para muitas dores está na atividade física.

Certas dores e lesões podem aparecer simplesmente porque os músculos de seu corpo não estão fortalecidos como deveriam. A musculatura do pescoço, por exemplo, sofre com movimentos bruscos e longos períodos em uma mesma posição. E é aí que entra a atividade física, preparando os músculos, os ossos e as articulações para uma melhor sustentação do corpo.

"Quando a pessoa está sedentária, a musculatura não está preparada para alguns esforços do dia a dia. Por exemplo, se os músculos abdominais ficam hiperestendidos, a região lombar vai ter de se contrair. E isso prejudica a irrigação de sangue na área da coluna lombar. Então, se há um movimento brusco, pode aparecer uma lesão ali", explica Cláudia Goulart, doutora em Ciências da Saúde pela Universidade de Brasília (UnB) e professora do Departamento de Educação Física.

"O corpo sedentário perde a elasticidade e a contratilidade, ou seja, ele não é tão resiliente. Então, qualquer movimento brusco que você faça o músculo vai ter dificuldade de retornar à forma original. Como não há elasticidade, podem ocorrer pequenas contraturas, pois ele basicamente está em ‘ponto morto’, parado. Um movimento repentino ou ficar parado em uma mesma posição, nesses casos, pode levar a uma lesão e gerar dores no dia a dia, algo que poderia ser evitado com atividades simples", aponta a professora.

Quem pratica atividade física e repousa da maneira correta tem menos propensão a sofrer com essas dores. "Em um corpo acostumado à atividade física regular, a musculatura está ativa, bem irrigada e oxigenada. A elasticidade e a contratilidade prepararam todo o corpo e, sim, isso pode evitar muitos problemas. A dor resultante do estresse muscular depois de uma atividade física é diferente. Essa é restaurada no sono. Se você tiver os repousos corretos, essas dores serão passageiras e indicam que seu corpo está ficando melhor fisicamente", finaliza Cláudia Goulart.

Lembre-se que depois de muito tempo parado, o ideal é começar de forma comedida, algo em torno de 30 a 60 minutos, de duas a três vezes por semana. É importante que a atividade física escolhida promova bem estar e que seja adequada para seu condicionamento físico. Procure um profissional de saúde para que ele possa avaliar a causa das dores.

Foto: Karina Zambrana/MS

 

Clique na imagem para ampliar
Clique na imagem para ampliar

 

Leia também

» Fique atento às pequenas dores ao caminhar e correr

» Atividades físicas em grupo geram mais motivação para uma vida mais ativa

Compartilhar:

A+

A-

A



Visite o Portal da Saúde

Acesse o Blog da Saúde

Publicações do Ministério da Saúde

Instituto Nacional de Câncer José Alencar Gomes da Silva

Ministério do Esporte