18/07/2017

Série Dez Passos para Parar de Fumar: Marque um dia para alcançar o objetivo

images/cigarro_calendario_1000x667_shutterstock_338381546.jpg

A plataforma Saúde Brasil dá continuidade à série de matérias com um passo a passo em dez etapas para seguir a empreitada, cada um deles comentado pela médica pneumologista Cristina Cantarino, coordenadora do Centro de Tratamento de Tabagismo do Instituto Nacional do Câncer José Alencar Gomes da Silva (INCA). Depois de falar sobre a determinação, o segundo ponto da lista diz respeito a um marco na vida do ex-fumante. Em alguns casos é preciso marcar uma data para alcançar o objetivo e ela não pode ser muito distante.

"O tratamento do tabagismo é bem individualizado. Cada caso é um caso. Alguns conseguem parar de maneira mais abrupta, mas é mais comum fazê-lo de forma gradual. Para muitos funciona, sim, marcar uma data para largar o cigarro", explica Cristina Cantarino. "O mais importante é que essa data não seja tão distante. No tratamento do SUS, por exemplo, que oferece atendimento em grupo com intervalos semanais no primeiro mês e quinzenais no segundo, espera-se que o fumante largue o tabagismo até a terceira semana de tratamento, mas isto não obedece uma regra rígida, depende da dificuldade ou facilidade de cada um".

Algumas pessoas escolhem uma data significativa para largar o cigarro, como aniversários, Natal, Dia das mães. Mas, como a pneumologista enfatiza, cada um reage de uma maneira no processo. "Alguns ex-fumantes gostam de celebrar a data e lembrar que estão sem fumar há tantos anos, meses, semanas e dias. Outros, no entanto, fazem questão de esquecer completamente. Essa atitude, de lembrar a data, pode fortalecer o processo, mas é preciso ressaltar que isso não pode virar um ato de saudade. O que interessa de verdade neste momento é como a pessoa reflete sobre isso", o que para cada um vai servir para fortalecer e manter a abstinência. É importante estar atento para começar a perceber e desfrutar os benefícios de ter parado de fumar, como aponta Cristina Cantarino.

 

 

 

Dez Passos para Parar de Fumar

1. Tenha determinação 

2. Marque um dia para parar

3. Corte gatilhos do fumo

4. Escolha um método: abrupto ou gradual

5. Encontre substitutos saudáveis

6. Livre-se das lembranças do cigarro

7. Encontre apoio de amigos e familiares

8. Escolha a melhor alimentação

9. Procure apoio médico

10. Troque experiências em um grupo de apoio

 

Compartilhar:

A+

A-

A



Acesse também

Parceiros