16/02/2018

Idosos podem praticar esportes coletivos

images/idosos_basquete_shutterstock_900x600.jpg

Idosos podem escolher como atividade física uma caminhada ou exercícios em uma academia. Mas muitas pessoas podem sentir a necessidade de um convívio com mais pessoas no momento da atividade e isso pode influenciar em algo importante: a adesão. Nesses casos, se se vários estiverem envolvidos no exercício, a chance de que ele seja mais regular aumenta significativamente.

“A adesão é muito importante no que diz respeito à atividade física. Se o idoso se encontra com outros para praticar um esporte coletivo, todos vão incentivar para os outros não faltem e mantenham a regularidade nessa atividade física”, explica Patrícia Garcia, professora do departamento de Fisioterapia da Universidade de Brasília (UnB) e membro da diretoria da Sociedade Brasileira de Geriatria e Gerontologia (SBGG-DF). “Além disso, há a questão da socialização, pois ali tem um grupo que vai gerar outras confraternizações e reuniões. Esse convívio é bastante benéfico e os encontros para a prática dos esportes vão ser mais frequentes”.

Assim como os jovens e adultos, os idosos têm de encontrar uma atividade física que lhe dê prazer. E encontrar pessoas que gostem da mesma prática ajuda muito. “Pode ser peteca, vôlei, basquete, futebol, enfim, algo que ele goste. Há, por exemplo, a capoterapia. É a capoeira adaptada, respeitando a condição física, as potencialidades e os limites do praticante. Existem diversas atividades em grupo que os idosos podem participar. O ideal é procurar uma em sua cidade e cuidar da saúde se divertindo.”

Leia também:

» Atividades físicas em grupo geram mais motivação para uma vida mais ativa

» Atividade leve, moderada ou vigorosa?

Compartilhar:

A+

A-

A



Acesse também

Parceiros